Notícias

Notícias sobre tecnologia, telecomunicações, rádiodifusão, etc.
Tags:

COMEÇOU MAIS UMA CAÇA AS BRUXAS E SEGUNDO OS JORNALISTAS
DESSA VEZ QUEREM ELIMINAR A MAIOR PARTE DAS EMISSORS
DIZEM QUE NO FUTURO SÓ EXISTIRÃO RADIOS LIVRES QUE OPEREM
APENAS A NOITE DIA SIM DIA NÃO COM POTENCIA ACIMA DE 400 WATS
E O FUTURO QUE ELES DIZEM COMEÇA AGORA.
NESSE MES DE NOV DE 2006 FECHARAM A RADIAL FM DE SP GUARULHOSEMISSORA QUE REALIZA
EVENTOS E AJUDA O COMERCIO LOCAL A SOBREVIVER POIS NÃO TEM CONDIÇOES
DE DIVULGAR SEUS PRODUTOS EM OUTRA RADIO POIS O LOCAL É POBRE
MAS FELISMENTE TINHAM EQUIPAMENTO RESERVA E JA VOLTOU A FUNCIONAR
NA SEMANA SEGUINTE POIS UM RAIO NÃO CAI DUAS VEZES NO MESMO LUGAR

Tags:

Neste domingo no programa Comunidade ao Vivo, a presença de Gil Soares, apresentando gravações ao vivo de uma das bandas mais criativas e emblemáticas dos anos setenta.
Blues, progressivo, folk e música renascentista são apenas alguns dos elementos que entram no caldeirão sonoro do Jethro Tull, e o flautista pelotense Gil Soares, fã incondicional da banda britânica, nos levará para uma mostra do que foi registrado pelos palcos do mundo ao longo dos quase quarenta anos de carreira de Ian Anderson & Cia.

É só acessar o sitio www.radiocom.org.br , ouça em tempo real.
O comunidade ao vivo é apresentado por GLÊNIO RISSIO

Tags:

Radio Universidad de Oaxaca - 1000 Watts de potencia proletaria y popular.

Tags:

"Rádio Libertaire, a rádio da Federação Anarquista Francesa, viu-se excluída da lista de rádios livres. Rádio Libertaire toma a decisão de tornar-se rádio pirata como no regime precedente. A Rádio Libertaire lança um apelo aos anarquistas e a quantos amem a justiça e a liberdade que se decidam a lutar até que seja reconhecida a Rádio Libertaire - A voz sem dono - que não se cala".

Assim enunciava um comunicado da FAF em meados de 1983, quando o governo de esquerda na França tentava eliminar as rádios livres, a Rádio Libertaire então com dois anos de vida. Hoje, neste final de semana, Rádio Libertaire comemora o seu 25º aniversário. 25 anos de atividades radiofônicas. 25 anos com a doce e rebelde Anarquia.

Tags:

Reportagem
Comunicação livre: delito ou direito?
Por André Gardini

“Radiodifusão sem autorização é crime federal” e “É livre a expressão da atividade de comunicação, independentemente de censura ou licença”, são duas frases que mostram as contradições, confusões e falhas do princípio legal de comunicação no Brasil. A primeira pode ser encontrada na definição de rádios comunitárias do Ministério das Comunicações (MC) e, a segunda, pode ser lida na Constituição (art. 5° - VIII). A partir desse paradoxo, como explicar as transmissões, por um número aproximado de 5 mil rádios que funcionam sem concessão, no Brasil? Afinal, a comunicação em nosso território é livre ou é crime?

Tags:

A primeira rádio livre do Ceará começou a operar, no dia 11 de novembro, na frequência FM 106,5 MHz. A Rádio Redonda Livre está localizada na praia de Redonda, Icapuí/CE, litoral leste do estado. Algumas transmissões experimentais já tinham sido realizadas ao longo dos meses, desde quando o pequeno transmissor foi construído.

Durante o I Encontro dos/as Coordenadores/as da Rede de Educação Ambiental do Litoral Cearense (Realce), nesse último fim de semana, foi realizada uma oficina de rádio facilitada por um ativista de rádios livres de Fortaleza. Essa oficina animou os participantes a colocar a rádio regulamente no ar. O coletivo gestor foi criado e se organiza de forma horizontal, com a presença de pescadores, músicos, estudantes e militantes do movimento social local.

Tags:
!!!!ATENÇÃO!!!! Senhores Rádio-Amantes

Senhores Rádio-Amantes. Ajude a Democratização dos meios de Comunicação Baixe A Vinheta Do (Artigo 5 INCISO IX) E Toque Em Todas As Radio Livres e Comunitarias Livres. (Repasse Este Material Para Todos os Seus Contatos E Vamos A Democratização dos Meios de Comunicação) Baixe a Vinheta No Link: http://www.noturnafm.com.br/audio/vinheta-artigo-5.mp3 ou Entre no Site www.noturnafm.com.br Bara Baixar a Vinheta!!!

Tags:

O Conselho Diretor da Anatel decidiu que, a partir de agora, a abertura e o julgamento de processos contra emissoras de rádio flagradas na fiscalização usando incorretamente o espectro de freqüência ficarão a cargo do Ministério das Comunicações. Antes dessa decisão, cabia à agência não só fiscalizar, mas lacrar, instaurar e julgar os processos contra as emissoras infratoras.

A decisão do conselho foi tomada a partir de uma reivindicação apresentada pelo Ministério das Comunicações de que caberia à agência apenas fiscalizar os aspectos técnicos de funcionamento das rádios. Agora, a Anatel fará a fiscalização, cumprindo seu planejamento anual ou motivada por denúncias, elabora um relatório técnico e o encaminha ao Minicom para que ele cuide da parte processual e tome as providências legais.

Syndicate content