Seguindo a onda do HTML5 e dos padrões livres, lá vem a muda em Ogg/Vorbis.
Se o seu navegador suportar HTML5 (Firefox 3.5 ou superior), escute a muda ao vivo aqui:



Excelente artigo produzido pela nossa querida Anatel sobre o futuro da radiodifusão brasileira, passando por assuntos como Rádio Digital e a velha e ultrapassada legislação brasileira de telecomunicações.

Em anexo o pdf do documento.

http://www.radiolivre.org/sites/radiolivre/files/extensao_fm.pdf

Hoje foi lançado pelo consórcio DRM o BUG - Broadcasters’ User Guide, que nesta versão já inclui o DRM+!

Esse é o guia definitivo para conhecer os detalhes de transmissão DRM.

http://www.drm.org/uploads/files/broadcast_manual.pdf

Nós de Rádios Livres conseguimos pela primeira vez, dia 26/05/2010, demonstrar uma cadeia completa de transmissão/recepção DRM.

Versión em español aquí

Hoje, dia 17 de maio, Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação, nós de Rádios e TVs Livres estamos lançando ao Brasil e ao mundo uma Carta Aberta em defesa da escolha do DRM (Digital Radio Mondiale) como padrão técnico para o SBRD (Sistema Brasileiro de Rádio Digital).

Através desta carta expressamos nossas reflexões sobre a melhor opção para o Rádio Digital no Brasil e no mundo. Defendendo a livre apropriação do meio Rádio, por qualquer grupo de pessoas que queira se expressar livremente, sem censura ou fronteira, local e globalmente, somos a favor da escolha do DRM - Digital Radio Mondiale - como o padrão de Rádio Digital a ser adotado no Brasil e no mundo.

A rádio Alternativa, 107,3 FM livre, localizada no campus da USP de São Carlos, vinha reativando o seu coletivo quando sofreu duas agressões: primeiramente a sua antena foi furtada por ordem da Coordenadoria do Campus da USP e, a partir da semana passada, passou a ser alvo de ataques do Centro Acadêmico Armando Sales de Oliveira (CAASO): parte de seus equipamentos, incluindo seu transmissor, foram confiscados pelo Centro (equipamentos que já foram resgatados pela Rádio), e três estudantes foram aleatória e covardemente "denunciados" à USP como sendo supostos "membros da Rádio". E tudo isso mesmo sem que estivessem transmitindo.

Contra leis criminosas,
ondas libertárias,
hordas libertárias,
erguem antenas,
transformam vozes que são armas,
por um mundo livre,
milhões de vozes no ar!

Na última semana em uma parceria do coletivo saravá com o coletivo do radiolivre.org, foi realizada nossa primeira transmissão DRM - Digital Radio Mondiale.

Apesar do problema de no momento (em breve isso será resolvido) termos um equipamento (a USRP) que pode de forma exclusiva, ou somente transmitir ou somente receber DRM, pudemos testar uma transmissão DRM na frequência de 26000kHz, mas poderíamos ter feito essa transmissão na faixa do FM, usando o Modo E do DRM (DRM+).

Isso é um marco muito importante para nós, de forma que esse desenvolvimento abre as portas para um transmissor DRM de baixo custo, que esperamos ter em mãos até o final de 2010.

A modulação é feita em software usando o spark[1], e o equipamento de SDR utilizado foi a USRP[2].

Um vídeo com a demonstração do teste pode ser baixado de:
http://juba.tvlivre.org/transmissao_drm-h264.mov

Esse vídeo pode ser assistido com o mplayer[3] ou vlc[4] versão 1.0 ou superior.

Syndicate content