Comunicado sobre a apreensão de equipamentos da TV ANTENA NEGRA

Nesta sexta-feira, 4 de setembro de 2015, uma operação com mais de 40 membros da Polícia Federal ocorreu nesta manha na ANTENA NEGRA, uma TV Comunitária, Alternativa e Popular, membro da RNMA (Rede Nacional de Meios Alternativos). A operação foi comandada pelo Poder Judiciário argentino para atender uma ordem de apreensão de equipamentos.

Havia décadas que nenhuma emissora livre na Argentina tinha seus equipamentos roubados pela polícia.

A Justiça ordenou ao Chefe de Departamento de Crimes Federais da PF, através de um mandado de busca e apreensão, que retivessem os equipamentos de transmissão para entregá-los à Autoridade Federal de Tecnologias de Informação (AFTIC).

Em resposta a esta operação autoritaria e repressiva, membros de diversas organizaçoes sociais ocuparam há pouco o prédio da Autoridade Federal de Serviços de Comunição Audiovisual (AFSCA), demandando responsabilidade pelo sucedido.

A TV ANTENA NEGRA participa na luta com os movimentos socias desde 2009 e este ano começaram a transmitir autonomamente também em sinal digital, sendo pioneira na Tv Digital Comunitária. O ataque a Antena Negra é um ataque à todos os setores que se organizam pela comunicação livre no país.

Vale lembrar que 6 integrantes da RNMA e da ANTENA NEGRA se encontram no Brasil especialmente para compartilhar conhecimentos na Oficina Integral de Rádio e Comunicação Popular, e um integrante da Rádio Muda se encontra na Argentina trabalhando no desenvolvimento do transmissor de TV Digital da ANTENA NEGRA.

Toda solidariedade à ANTENA NEGRA.

AttachmentSize
antena2.jpg55.48 KB
antena_negra.jpg43.53 KB