Tags:

Dia 23/06 alguns Mudeir@s fizeram um debate, com microfones abertos, sobre as manifestações que estão ocorrrendo nas ultimas semanas. O audio esta disponivel para download no site da Muda http://muda.radiolivre.org/node/195
Lembrando que hoje (30/06) faremos mais um debate, compareçam e participem.

Hohe as 18h teremos os microfones abertos para quem quiser debater e refetir sobre o momento atual.

Apareçam ou sintonizem ;-)

Nesta terça-feira, 18 de junho, o coletivo CMI-Tefé/rádio Xibé/Voz da Ilha esteve no bairro Colônia Ventura de Tefé (Amazonas) levando informações e imagens que estão circulando na internet sobre as manifestações, analisando as manipulações da mídia corporativa e relatando com imagens a história da luta pela democratização dos meios de comunicação em Tefé.

Esta é apenas a primeira visita de várias que o coletivo pretende realizar ao bairro, visando construir com os moradores estratégias de comunicação para a sua histórica luta por direitos fundamentais. A Colônia Ventura é, atualmente, um dos bairros mais marginalizados de Tefé e poucos na cidade conhecem as dificuldades que estão passando. O CMI-Tefé pretende construir com eles novas possibilidades de utilização de rádios livres, jornalismo popular e servidores livres.

Tags:

O que é Espectro Aberto*?

"Espectro Aberto" se baseia na ideia de que a tecnologia pode reduzir ou mesmo eliminar a necessidade de os governos micro-gerenciarem as comunicações sem fio. Em diferentes contextos, pode ser interpretado como:

* um ideal de liberdade no uso de radiofrequências;
* uma crítica à gestão tradicional do espectro;
* uma proposta decorrente de tendências em design de rádio;

Na verdade, Espectro Livre é tudo isto, o que levou a diferenças de ênfase e de opinião entre os seus apoiadores. Um site pode não resolver estas diferenças, mas pode posicionar o nosso trabalho, esclarecendo algumas opções políticas.

Espectro Livre: o Direito do Povo à Comunicação

Thiago Novaes*

Resumo

O artigo trata da digitalização das comunicações no Brasil e das distintas concepções de democratização dos meios de comunicação que vigoram no país. Busca descrever um breve histórico de desenvolvimento do Sistema de TV Digital, preocupando-se com o atual debate sobre rádio digital, e apresenta uma inovadora forma de gestão do espectro radioelétrico: o espectro livre.

Palavras-chave: digitalização, democratização dos meios de comunicação, espectro livre.

Introdução: a Televisão Digital e Rádio Digital no Brasil

da colaboração do Coletivo de Comunicadores Populares de Campinas

Polícia Federal entra na Unicamp, leva transmissor e Reitoria não se manifesta

Na manhã do último domingo, 16 de dezembro, a Polícia Federal entrou no campus da Universidade Estadual de Campinas, e a apreendeu o transmissor da rádio livre Rádio Muda, situada na Praça do Ciclo Básico da universidade.

Segundo informações do funcionário da segurança do campus, Donizette, a ação ocorreu com Mandado Judicial. Os policiais teriam encontrado as portas do estúdio abertas. Segundo o funcionário, maiores informações poderiam ser repassadas apenas pelas Assessoria de Imprensa da Universidade.

Contactada para maiores esclarecimentos, as 15:00h da segunda feira a Assessoria de Imprensa ainda não sabia do fato e não retornou até o fim do dia 17. A Procuradoria Geral não pôde atender.

Ainda não há uma posição oficial da Unicamp sobre o ocorrido e não se sabe se a reitoria autorizou a entrada dos policiais no campus.

Na manhã de domingo do dia 16 de dezembro de 2012 mais uma vez os Piratas
Federais saquearam a Rádio Muda FM - 88,5 MHz em Campinas-SP, uma rádio
livre. Levaram apenas o nosso transmissor mas nunca nos impedirão de
comunicar.

Novamente de forma sorrateira e clandestina, os agentes do aparato
repressivo do Estado entraram no estúdio violando o livre direito de
expressão e comunicação exercido pelas rádios livres.

Já falamos mas nunca é demais repetir: o artigo quinto da Constituição
garante a liberdade de expressão. Transmitir pelas ondas eletromagnéticas
e se comunicar através do ar não é crime. Mas o Estado continua insistindo
em infringir sua própria Carta Magna, contrariando a democracia que
defende. Logo perguntamos: que democracia é essa?

A Rádio Muda existe há quase 30 anos. De lá pra cá, já sofremos muitas
investidas da Polícia Federal e Anatel. O placar mudou: 3 para a Rádio
Muda e 2 para a Anatel.

no twitter da mobile radio na bienal são paulo

Mobile Radio ‏@Mobile_Radio
Free radio activists from Radio Capivara, Radio Muda and Radio Xiado have found the Mobile Radio BSP studio and take over for the next 90min
http://mobile-radio.net/

Tags:

a radio capivara jah esta retransmitindo o sinal da radio mobile q. esta funcionando em plena bienal
http://mobile-radio.net/
www.radiocapivara.blogspot.com

OLA GALERA VISITEM O SITE DA RADIO COMITIVA E PARTICIPACEM DO NOSSO CHAT, www.radiocomitiva.com.br

Syndicate content